Coxinha funcional leva batata doce e é assada! Coluna da FitChef Nanda Carneiro

“Coxinha é paixão nacional de todas as idades. Não existe festa ou até mesmo pós-festa sem essa delícia. Quem nunca comeu aquela coxinha fria no café da manhã, que atire a primeira pedra. Na versão funcional ela leva batata doce no lugar da massa mais gordurosa e é assada, não frita :).”

Coxinha de Batata Doce
1 xícara e 1/2 de batata doce cozida e amassada (tem que medir amassadinha)
2 colheres de sopa cheias de goma de tapioca
5 colheres de sopa de frango cozido e desfiado temperadinho
2 colheres de sopa rasas de leite vegetal
sal e pimenta a gosto

Modo de fazer:
Bata tudo no mixer e leve para gelar por 20 minutos. Abra a massa e recheie com mais frango. Molde a coxinha, passe no ovo e coloque na cobertura: 1/2 xícara de farinha de linhaça dourada com 1/2 xícara de coco seco ralado. Quem quiser pode colocar páprica e mostarda em pó nessa mistura para acentuar a cor da coxinha e dar sabor. Coloque-as em um tabuleiro e leve ao forno 180 graus preaquecido por 20 minutos ou até dourar.

 

coxinha_fit_grifina

 

%grifina Tartelete de Limão funcional Coluna da FitChef Nanda Carneiro

Mais receitas da Nanda Carneiro no instagram: @nandap_carneiro

Fernanda Carneiro

email: nandap.carneiro@gmail.com

O cardápio DETOX pós festas: nutricionista Nathálya Costa!

toponat

 

Sucoverde(imagem meramente ilustrativa – internet)

 

Depois de festas e confraternizações dá até medo subir na balança, não é mesmo?

Após os excessos dessa época, é importante fazer uma dieta detox para amenizar os efeitos da comilança.

Para começar, fazer uma dieta desintoxicante é uma boa pedida. Para começar, temos que retirar do cardápio alimentos industrializados, ricos em sódio, açúcar e farinha refinados, gorduras ruins e as bebidas alcoólicas.

Devemos substituir esses produtos por alimentos naturais orgânicos. Frutas, verduras, cereais integrais, chás, água.

 

Os alimentos que não podem faltar:

 

– Carnes brancas: preferencialmente peixes.

– Sementes e cereais: linhaça, gergelim, chia, quinoa. Ricos em antioxidantes, fibras, aumentam a saciedade e auxiliam no funcionamento intestinal.

– Frutas vermelhas: morangos, mirtilo, framboesa, amora. São riquíssimas em antioxidantes.

– Frutas diuréticas: melão, maçã, abacaxi, laranja, pera, mamão.

– Vegetais verdes escuros: brócolis, rúcula, agrião, couve. São ricos em clorofila, magnésio. Importantíssimos para “limpar” o fígado, inclusive se utilizados com sucos de fruta.

– Chás: verde, branco, hibisco, cavalinha, gengibre, dente de leão. São chás diuréticos, logo eliminam a sensação de inchaço, consequência da má alimentação. Devem ser preparados como infusão: acrescentar a erva em água quente, tampar e deixar descansar por 5 min. Ingerir 3 xícaras ao dia.

– Suco de lima da pérsia e limão siciliano: excelente para inchaço e celulites. Adoçar com pouco mel.

– Oleaginosas: SEMPRE! Castanha do Brasil, macadâmia, amêndoa, pistache, avelã, nozes. São ricas em vitamina E, zinco, selênio, magnésio, cobre, manganês e ômega 6 e 9. Todos fundamentais para desintoxicar e proteger o corpo de radicais livres.

– Vegetais C cozidos ou tapioca para substituir pães e biscoitos: inhame, cará, mandioca, batata baroa, batata doce. São alimentos ricos em fibras, carboidratos complexos, baixo teor de gorduras. São mais facilmente digeridos pelo organismo, favorecendo o funcionamento intestinal, o que diminui toxinas no organismo e o inchaço abdominal. Caso queira consumir pães e biscoitos, opte pelos integrais.

Água, MUITA água: ingerir cerca de 2,5 litros ao dia.

 

div

Sugestão de cardápio

 

Café da manhã

Suco detox: 1 fatia de abacaxi + 1 pedaço pequeno de gengibre + 1 fatia de couve.

1 ovo caipira cozido + 1 tapioca pequena

 

Colação

1 maçã

 

Almoço

Salada: quinoa cozida +  tomate picado + cenoura crua ralada + brócolis

1 col. de servir de arroz integral cozido

1 filé ou posta de peixe (salmão, sardinha, badejo, atum)

 

Lanche da tarde

Suco de morango , limão e manjericão (liquidificar suco de 2 limões, 3 morangos, água , gelo e pouco açúcar, acrescentar manjericão inteiro)

1 col. de sopa de amêndoas

Ou

1 banana prata com 1 col. de sopa de chia ou linhaça triturada

 

 

Jantar

Sopa de legumes e frango.

Ou

2 pedaços pequenos de mandioca ou inhame.

Salada crua.

1 filé de frango.

 

Ceia

1 fatia de melão

 

(consulte seu nutricionista)

div

 

Nathálya Costa

nathalya.nutricionista@gmail.com

Bolo de Cenoura Fit da Nanda Carneiro!

bolo_cenoura_fit_blog_grifina

Bolo de cenoura não tem erro: vai bem no café da manhã, de sobremesa, de lanche… É amor para todos os lados. Estou para conhecer a pessoa que não fique hipnotizada pelo cheiro, querendo comer essa delícia ainda quentinha. E, claro, não poderia ficar de fora da versão “fit”.

Ingredientes:

270g de cenouras descascadas (mais ou menos 2 cenouras e meia médias)
150ml de óleo de coco
3 ovos
2 xícaras de sucralose ou açúcar demerara
1 xícara e meia de farinha de arroz
1/2 xícara de fecula de batata (ou amido de milho)
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de sopa de essência de baunilha

Cobertura: 120g de chocolate 85% (ou 160g de chocolate ser 70%)
1 colher de sopa de mel
70g de biomassa de banana verde (ou 1/2 caixinha de creme de soja ou de leite light)
1 colher de sopa de leite de amêndoas ou desnatado.

MODO DE FAZER: Junte a farinha, a fécula e o fermento. Reserve. Bata os demais ingredientes no liquidificador e depois junte essa massa aos secos com uma espátula. Leve ao forno por 1 hora. Enquanto isso, derreta o chocolate em banho maria e depois adicione os outros ingredientes enquanto ele ainda está quente. Cubra o bolo e sirva em seguida.

%grifina Receita de Naked Cake Fit por Nanda Carneiro

Mais receitas da Nanda Carneiro no instagram: @nandap_carneiro

Fernanda Carneiro

email: nandap.carneiro@gmail.com