Radiofrequência! Meus tratamentos estéticos no Vita!

Grifinas! Estou fazendo uma série de procedimentos corporais no Vita Instituto de Estética, e um deles é a Radiofrequência! Já falei sobre o Cellutec (aqui) e Criolipólise (aqui). Como postei no Instagram e muitas de vocês me perguntaram a respeito do tratamento, pedi que a equipe Vita nos explicasse melhor sobre o processo:

 

vita_radiofrequencia_grifina

“A radiofrequência  foi usada pela primeira vez no século XIX pelo físico francês Jacques-Arsène D’Ansorval e vem sendo utilizada até hoje nas práticas da dermatologia estética . A radiofrequência tornou-se um padrão de tratamento estético com muitas indicações, devido à sua versatilidade, eficácia e segurança. O conceito básico desta técnica é a geração de calor no tecido subcutâneo, que induz a produção de novas fibras de colágeno e melhora o aspecto da pele. “Para isso, são emitidas correntes de alta frequência, que contam com uma tensão aproximada de 30.000 a 40.000 Volts e com frequência de 1560 a 200 kilohertz”.

Dentre as indicações mais comuns para a radiofrequência, estão: melhora da flacidez da pele, redução de rugas, redução da celulite, tratamento de cicatriz de acne e estrias.

A técnica não é invasiva e causa efeitos apenas na área de tratamento. O objetivo de cada sessão é elevar a temperatura da pele e do tecido subcutâneo até 39°C a 42°C e mantê-la por um período de 14 minutos. Após o tratamento é retirado o gel ou a vaselina da pele.

O transdutor (ponteira) deve ser movimentado o tempo todo a fim de distribuir bem o calor por toda a pele. Durante o tratamento é medida a temperatura da pele diversas vezes para garantir que ela chegue a 40-42 graus Celsius e não ultrapasse esse nível de temperatura. A radiofrequência pode ser realizada em todas as regiões do corpo e face, exceto região da tireoide.

Atuação na gordura localizada:
O calor profundo, proporcionado pela radiofrequência, atua na célula de gordura, melhorando seu metabolismo, aumentando a oferta e a difusão de nutrientes, diminuíndo o estoque de energia (triglicérides) e contribuindo para a redução de seu volume.

Atuação na celulite:
A radiofrequência atua na inflamação causada pela celulite no tecido adiposo. Com a melhora da gordura localizada, um dos pilares para a formação da celulite, acontecerá a melhora do aspecto da celulite. Em adição, em técnicas em que o vácuo está associado o método funciona também como uma drenagem linfática, contribuindo para  a redução de toxinas nos tecidos.

Atuação no colágeno:
O aparelho de radiofrequência aquece o tecido através da corrente elétrica, ocorrendo a produção da temperatura acima do normal, que gera a contração imediata do colágeno e remodelação da fibra de colágeno e elastina já existentes. Após o tratamento observa-se o estímulo dos fibroblastos para produção de novo colágeno.”

 

Meninas, eu estou amando os resultados! Além dos serviços maravilhosos, o Vita conta com preços acessíveis e todas nós podemos ficar mais lindas ainda, aliando os procedimentos estéticos aos nossos hábitos saudáveis diários!

 

div

Serviço:

Vita Instituto de Estética

CLS 413 Bloco A loja 26, Brasília-DF. CEP 70296-510

Contato: (61) 3245-3387 ou vitainstitutodeestetica@gmail.com