Emagrecer x Perder Peso – Coluna do Personal Trainer Guilherme Henrique

balanca-peso-obesidade-grifina

imagem internet

 

Diversas pessoas utilizam a balança como referência para saber se emagreceram ou não. Porém essa é uma estratégia muito vaga e frustrante, pois temos uma variação da nossa massa corporal ao longo do dia e da semana, devido ao tempo em que fizemos nossa última refeição, quantidade de líquidos que ingerimos ao longo do dia, retenção hídrica e, ainda, funcionamento intestinal.

Pessoas sedentárias, ao iniciarem uma dieta com restrição calórica, geralmente perderão peso na balança, porém, na maioria das vezes, é perda de massa magra, o que irá ocasionar um declínio da força, sensação de fraqueza, flacidez e, ainda, irá deixar o metabolismo mais lento, um dos fatores que explica a dificuldade das pessoas que se submetem a dietas muito restritivas em manterem o peso.

Em pessoas fisicamente ativas a dificuldade se dá por acreditarem que não estão emagrecendo, tendo em vista que o peso na balança pode não sofrer nenhuma alteração ou, até mesmo, aumentar por conta do ganho de massa muscular. Daí a importância de fazer avaliações físicas periódicas, para quantificarmos e qualificarmos o que a balança nos mostra através de métodos de avaliação de percentual de gordura, densidade óssea, percentual de massa magra, entre outros.

Não caia na armadilha da balança. Utilize parâmetros confiáveis para saber seus resultados. A balança nos fornece dados superficiais. Lembre-se, principalmente se você for ativo fisicamente, que 1 kg de gordura é bem maior do que 1 kg de massa muscular, o que explica, também, a razão de se manter o peso na balança, mas perceber diminuição nas circunferências dos membros, quadril e barriga, por exemplo.

 

%grifina Definição Muscular   Coluna do Personal Trainer Guilherme Henrique

Guilherme Henrique Nascentes
Personal Trainer / Consultor Fitness
CREF 9552 G/DF

ghnascentes@gmail.com / (61) 9232-9994