Dica do dermatologista! Altas temperaturas podem aumentar casos de brotoejas

Durante o verão é comum que as pessoas transpirem com maior frequência, por conta disso podem ser acometidas por um processo inflamatório na pele. Essa inflamação é ocasionada pelo aumento do calor que, consequentemente, produz mais suor, que, extravasando, causa a erupção dentro da pele. Tal problema afeta principalmente as crianças, porém os adultos não estão livres de serem vítimas.

 O médico dermatologista Luciano Morgado, da Clínica Monte Parnaso, explica que a causa principal é o calor, porém, o uso de roupas (ou o seu excesso) que possam aquecer a pele resulta em excesso de suor, provocando a erupção. “A localização mais comum é o tronco e a região cervical. As lesões geralmente são acompanhadas por coceira. Formam-se “bolinhas avermelhadas” ou vesículas (pequeninas bolhas) sobre a pele avermelhada, podendo, em alguns casos, formar lesões mais exuberantes”, orienta.

Em casos onde a coceira é frequente, a pele pode apresentar sinais de escoriação e pequenas crostas sobre as lesões, isso é decorrente a ruptura das bolhas pela coçadura.  Também pode ocorrer uma infecção secundária à doença, com o surgimento de pústulas (bolhas de pus) ou nódulos dolorosos.

O dermatologista sugere que, para evitar a miliária, nome científico da brotoeja, deve-se usar roupas frescas, tomar banhos frios e se proteger do calor, evitando o excesso de suor. “O ar condicionado também ajuda bastante no combate à doença. Nas crises podem ser utilizadas loções com corticoide tópico ou ativos calmantes, como o mentol. Caso ocorra infecção secundária, antibióticos tópicos ou orais podem ser necessários”, completo o especialista da Clínica Monte Parnaso.

 

Corpo Clínico

Dra. Ana Regina Franchi Trávolo – Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD); membro titular da SBD; membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica – SBCD; membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia; membro da InternationalAssociationofAesthetic Medicine; graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto – FAMERP e fellow em Dermatologia e Laser pelo Hospital Ramon Cajal, na Espanha.

Dr. Luciano Ferreira Morgado – Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD); membro titular da SBD; membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica – SBCD; membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia; membro da InternationalAssociationofAesthetic Medicine; pós-graduado em Cirurgia Dermatológica, Laser e Dermatologia Estética pela FM-ABC São Paulo; graduado em Medicina pela UnB e mestre em Terapia Fotodinâmica com Nanotecnologia pela Universidade de Brasília.

 

 

div

Serviço:

Monte Parnaso – Cuidados à flor da pele

Centro Médico Júlio Adnet, SEPS 709/909, Bloco A, Clínica 9, 1° subsolo.

Contato: (61) 3263-0833 / 3263-0834

www.monteparnaso.com.br

Siga também os perfis nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *